Acesso Restrito

Técnica de Backfill aumenta a resistência dos pilares de minas

22/11/2007

     CRICIÚMA - Apresentada pelo pesquisador polonês Jan Palarski em um curso na Satc, a utilização da técnica de Backfill aumenta a resistência dos pilares de minas. Reduzir a disposição de rejeitos na superfície e o fluxo de água em áreas mineradas são alguns dos assuntos tratados no curso, que teve início na segunda-feira e termina hoje, no Auditório V da Satc.

     A proposta é utilizar o próprio rejeito do carvão misturado com cinzas e outros materiais, com o objetivo de preencher os espaços vazios e melhorar a resistência dos pilares de minas. "O backfill, além de ser uma alternativa de melhorar a resistência dos pilares de minas, auxilia na disposição de rejeitos, que ao invés de serem depositados na superfície, ficam no subsolo", explica o engenheiro de Minas do Siecesc e participante do curso, Márcio Zanuz.

     De acordo com o professor, que atua há 35 anos na área, a técnica de backfill é utilizada na Polônia desde o século 19, pois lá a mineração ocorre também em áreas urbanizadas. Em visita a uma mina da região, Palarski comentou que tem 100% de certeza que será possível agregar a técnica de backfill aqui. Segundo Márcio Zanuz, o curso é excelente e muito bem estruturado. "Ele mostra a questão histórica e o que deve ser considerado para uma área no projeto de backfill, além de todo o cálculo para avaliar a qualidade do preenchimento", avalia.

     O Curso de Backfill conta com 28 participantes, entre eles geólogos, engenheiros de Minas, técnicos em mineração e engenheiros Ambientais. Alguns tópicos abordados pelo professor Palarski no decorrer do curso foram a história do backfill em minas de carvão, métodos de mineração com backfill, aspectos ambientais do uso do enchimento em minas de carvão e diversos outros temas. O curso, promovido pela Satc, é gratuito e está sendo financiado com recursos do MCT através da FINEP. Foram convidados técnicos das Carboníferas da região, DNPM, Fatma, Ministério Público Federal, Satc e Siecesc.


Diário de Criciúma

Criciúma/SC

Geral

22/11/2007

    Somos associados

     

  • CIAB
  • epe
  • World Coal Association
  • Global CCS Institute

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351