Acesso Restrito

Diretores do Siecesc expõem dificuldades do setor carbonífero

20/05/2011

A indefinição quanto à inclusão das usinas a carvão nos leilões de energia do governo federal gera nova preocupação para o setor. O assunto foi debatido na reunião da diretoria da ACIC nesta segunda-feira, 16, quando o presidente do Siecesc, Ruy Hülse, e o secretário-executivo, Fernando Luiz Zancan, apresentaram todas as dificuldades que o setor vem enfrentando quanto à abertura de projetos de geração a carvão no Brasil. Ainda que tenha o apoio do governo gaúcho, PT, o setor vem sentindo o bloqueio político enfrentado na esfera federal. Segundo Zancan, é preciso que os dois estados façam pressão para que os investimentos aconteçam. No caso de Santa Catarina, o investimento na térmica a carvão é de R$ 1,6 bilhão, que não sai do papel por falta de vontade política para a inclusão destas térmicas nos leilões.



Informações:
Assessoria de Imprensa do Siecesc
Joice Quadros
Diene Lemos
Fones: (48) 3431-7603 ou 9984-9967

    Somos associados

     

  • CIAB
  • epe
  • World Coal Association
  • Global CCS Institute

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351