Acesso Restrito

Siecesc firma convênio de cooperação e apoio técnico-científico com o DNPM

30/11/2010

O Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc) firmou um convênio de cooperação e apoio técnico-científico com o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). O documento foi assinado na noite desta segunda-feira, 29, na sede do DNPM, em Criciúma. O acordo visa prover subsídios técnicos ao Programa de Fiscalização e Controle da Atividade Minerária por parte do DNPM, na busca pelo desenvolvimento sustentável da mineração brasileira.

O convênio tem como principais objetivos: a realização de trabalhos conjuntos na definição de parâmetros para a introdução de rejeitos e outros materiais para o enchimento de galerias subterrâneas (tecnicamente chamado de backfill), em minas da região carbonífera. Além de desenvolver outros estudos relacionados com o efeito da lavra a baixas profundidades, verificando a influência das falhas e fraturas geológicas, os aspectos hidrogeológicos e de segurança estrutural e a elaboração e a interpretação dos mapas de risco (geológico, hidrogeológico, hidrológico, civil estrutural e de uso do solo). Segundo o assessor Técnico do Siecesc e coordenador do Grupo de Inovação Tecnológica, engenheiro Cleber Gomes "é fundamental a integração com o DNPM para a definição de critérios técnicos, que norteiem a execução dos projetos e a operação das minas, facilitando a fiscalização".  

Na manhã desta terça-feira, 30, um encontro no Siecesc reuniu técnicos do DNPM, Siecesc e empresas carboníferas para discutir assuntos relacionados ao convênio. De acordo com o assessor Técnico do Siecesc, engenheiro Cláudio Zilli, o estudo do backfill, ou seja, o preenchimento de galerias subterrâneas com rejeitos poderia resultar num melhor aproveitamento da jazida de carvão. "O efeito da lavra de carvão a baixas profundidades, com a elaboração e interpretação de mapas de risco na mineração poderão redirecionar a lavra", comenta Zilli. Segundo o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM) e secretário-executivo do Siecesc, Fernando Luiz Zancan, o relacionamento com o DNPM é importante, pois pode estreitar os laços técnicos para trabalhos em conjunto. "É fundamental que a atividade de mineração venha a se desenvolver cada vez mais de forma sustentável", analisa Zancan.



Informações:
Assessoria de Imprensa do Siecesc
Joice Quadros
Diene Lemos
Fones: (48) 3431-7603 ou 9984-9967

    Somos associados

     

  • CIAB
  • epe
  • World Coal Association
  • Global CCS Institute

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351