Acesso Restrito

ABCM participa de diversos eventos na Europa

17/02/2009

O Presidente da ABCM, Fernando Zancan, participou de uma série de eventos relacionados com o setor carbonífero, em diversos países da Europa. No dia 9 de fevereiro, Zancan reuniu-se, em Londres, com Elena Nekaieva, do World Energy Council – WEC. Foi discutida a participação do Brasil no Comitê Fossil Fuels Systems - CFFS - do WEC, onde a ABCM representa o setor carbonífero nacional. A primeira reunião do CFFS, no ano, foi realizada em Dubai, Emiratos Árabes Unidos, na primeira semana de fevereiro. Como a ABCM não compareceu, o WEC solicitou que a Associação participe dos próximos encontros.

Nos dias 10 e 11, Zancan esteve presente no Congresso Internacional de Underground Coal Gasification – UCG. A tecnologia está evoluindo, rapidamente no mundo, com vários projetos em desenvolvimento. Durante o evento, foi anunciado o primeiro projeto de UCG na Inglaterra, previsto para 2009. Representantes da delegação da Rússia apresentaram novas aplicações em UCG. A Austrália lidera a tecnologia, em nível mundial. A empresa australiana Carbon Energy realizou, com sucesso, testes ao longo do segundo semestre de 2008. Outros testes estão em andamento: Sasol e Eskon (África do Sul); além de projetos nos USA, Canadá, Austrália, Índia, China, Vietnam.

A empresa Clean Energy demonstrou interesse em desenvolver projetos no Brasil, em parceria com empresas carboníferas nacionais. No entanto o teor de cinzas do carvão brasileiro (entre 50 a 62 %) está no limite técnico. Falta informação geológica especifica, o que nos remete ao velho problema da falta de investimento em geologia para tornar o país competitivo na busca por novas fontes de energia.

Nos dias 12 e 13 Zancan visitou a Universidade Tecnológica de Bradenburgo - BTU Cottbus – na Alemanha. A Universidade de Cottbus tem vários contatos com o Brasil, incluindo CTSUL e MPX, além de acordo de cooperação com UFSC, oferecendo doutorado para alunos na área de energia. Cottbus tem estrutura técnica para apoiar um programa de P&D em combustão de carvão, no Brasil. Zancan visitou as instalações da Universidade e centro de pesquisa de tecnologias de Carvão Limpo (Clean Coal) e a mineração de linhito da Vantenfall, além da planta de 1 MW térmico de leito fluidizado que fornece calor para uma planta de briquetes de linhito.

No encontro, foi decido realizar um acordo de cooperação educacional e técnica com as Faculdades de Engenharia Elétrica e Mecânica da SATC e Universidade de Cottbus, que deverá ser assinado com a visita do Prof. Kraus, em Criciúma, nos dias 06 e 07 de abril. A Universidade BTU, junto com a UFSC e SATC desenvolverão proposta de construção de uma planta piloto (+/- 400 KW/t) de CFBC - combustão de leito fluidizado circulante a ser instalada no CTCL/SATC e que fará parte do estudo da Camada Bonito.

A Universidade BTU Cottbus irá organizar, junto com o Estado do Ceará, um workshop sobre CCS em novembro deste ano, em Fortaleza.

O presidente da ABCM participou no dia 14 (sábado) da reunião com a Agência Internacional de Energia – IEA, em Paris. Foi discutido com o secretário Executivo do WPFF, Sankar BHATTACHARYA, a realização de uma reunião do Working Party of Fóssil Fuels no Rio de Janeiro e um Workshop sobre os Combustíveis Fósseis, em outubro deste ano. O secretário executivo do CIAB (Coal Industry Advisor Board do IEA) Brian Ricketts sugeriu que a ABCM obtivesse uma correspondência do Governo Brasileiro para a participação da Indústria Carbonífera Brasileira no IEA-CIAB.



Solos Comunicação

17/02/2009

 

    Somos associados

     

  • CIAB
  • epe
  • World Coal Association
  • Global CCS Institute

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351