Acesso Restrito

MPX investe US$ 1,4 bilhão em termelétrica de carvão mineral

28/02/2008

     A MPX prevê "um cenário desafiador" em termos de equilíbrio entre oferta e demanda de energia na próxima década. Pó isso, decidiu tocar o projeto da termelétrica a carvão mineral Seival II, que será erguida em Candiota, no sul gaúcho. A usina recebera um investimento de US$ 1,4 bilhão e terá capacidade para gerar até 600 MW dividida em duas fases de 300 MW que serão construídas simultaneamente e deverão entrar em operação entre 2013 e 2014. Como acredita em forte demanda, a companhia do empresário Eike Batista não vai esperar um leilão pra viabilizar a obra e destinara a energia para o mercado livre.

     "Com o PIB crescendo entre 4% e 5% ao ano, o Brasil vai precisar de 3,5 mil MW médios de energia nova por ano", diz o presidente da empresa, Eduardo Karrer, acrescentando que a diversificação da matriz energética também será importante para assegurar o abastecimento. "O Brasil e os paises da região vivem o desafio de terem energia confiável a preços competitivos", acrescenta o executivo.

     Dos US$ 1,4 bilhão, 30% serão destinados a proteção ambiental e tecnologias que permitirão a queima limpa do carvão, controlando as emissões atmosféricas e de efluentes. Conforme a empresa, os sistemas que serão empregados reduzirão em mais de 99% a emissão de partículas no ar. Apesar de ter o cronograma definido, a MPX recém começara o processo de obtenção da licença ambiental para iniciar as obras da termelétrica, previstas para 2009.

     A MPX irá investir ainda outros US$ 100 milhões para extrair o carvão da Mina Seival, também localizada em Candiota, que de acordo com estimativas da empresa tem um potencial para produzir até 14 milhões de toneladas/ano. A empresa detém 70% da mina e os outros 30% são da mineradora Copelmi. "Esse investimento inclui atendimento a outros projetos", afirma Karrer. Outra térmica que será construída em Candiota é a de Seival I, da Tractebel, programada para gerar 340 MW.

     O Rio Grande do Sul tem reservas de carvão na ordem de 28,8 bilhões de toneladas – 89% do total do país. O estado tem três térmicas a carvão.


Gazeta Mercantil

São Paulo/SP

Empresas e Negócios

28/02/2008

    Somos associados

     

  • CIAB
  • epe
  • World Coal Association
  • Global CCS Institute

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351