Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 661
    [i_conteudo] => 661
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2017-03-27
    [dt_conteudo] => 2017-03-27
    [4] => Projeto “Carvão Amigo” é lançado e apresentado para entidades filantrópicas
    [titulo] => Projeto “Carvão Amigo” é lançado e apresentado para entidades filantrópicas
    [5] => Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc
    [autor] => Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc
    [6] => 
    [resumo] => 
    [7] => 

Com o intuito de continuar ajudando instituições filantrópicas da região foi lançado na manhã desta quinta-feira (23), na sede do Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc), o Projeto “Carvão Amigo”. Todas as seis entidades que participantes se fizeram presentes e conheceram qual o modo de funcionamento do projeto.
“O Siecesc já ajudava algumas entidades e vimos que estava na hora de começar a ampliar essa atitude, assim criamos o “Carvão Amigo”, para que através do projeto possamos abranger ainda mais entidades. Começamos com seis e pretendemos ir ampliando com o decorrer dos anos para que essa se torne uma iniciativa consolidada”, explica o diretor executivo do Siecesc, Cel. Márcio José Cabral.
As seis entidades que começam a participar do projeto são: Abadeus, Asilo São Vicente de Paulo, Bairro da Juventude, Casa Guido, Cruz Vermelha e Nossa Casa. Todas reiteraram a importância do projeto no atual momento do país.
“Quero parabenizar a iniciativa, pela primeira vez eu vejo um projeto que quer englobar um número maior de instituições e essa ação vem demonstrar o papel importante do Carvão Mineral para Criciúma. Tem toda a história do setor com a região e o investimento em pessoas mostra a responsabilidade dessa instituição, isso demonstra a grandeza da indústria”, afirma a diretora executiva da Abadeus, Shirlei Monteiro.
O encontro contou com a presença do presidente de honra do Siecesc, o engenheiro Ruy Hülse que destacou a importância de as entidades estarem presentes. “Resgata o intuito social que as empresas têm em mente e essa ideia tem que atingir ainda mais pessoas, e para que isso possa acontecer é importante que o minerador conheça as entidades. Espero que se torne um projeto muito maior”, salienta Hülse.
A partir da próxima semana os protocolos de intensões, entre o Carvão Mineral e as instituições filantrópicas começam a ser celebrados, dando início ao repasse dos valores para as entidades contempladas com o projeto. A estimativa é que já no próximo ano o projeto “Carvão Amigo” seja ampliado e comece a contemplar pelo menos dez instituições.

[conteudo] =>

Com o intuito de continuar ajudando instituições filantrópicas da região foi lançado na manhã desta quinta-feira (23), na sede do Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc), o Projeto “Carvão Amigo”. Todas as seis entidades que participantes se fizeram presentes e conheceram qual o modo de funcionamento do projeto.
“O Siecesc já ajudava algumas entidades e vimos que estava na hora de começar a ampliar essa atitude, assim criamos o “Carvão Amigo”, para que através do projeto possamos abranger ainda mais entidades. Começamos com seis e pretendemos ir ampliando com o decorrer dos anos para que essa se torne uma iniciativa consolidada”, explica o diretor executivo do Siecesc, Cel. Márcio José Cabral.
As seis entidades que começam a participar do projeto são: Abadeus, Asilo São Vicente de Paulo, Bairro da Juventude, Casa Guido, Cruz Vermelha e Nossa Casa. Todas reiteraram a importância do projeto no atual momento do país.
“Quero parabenizar a iniciativa, pela primeira vez eu vejo um projeto que quer englobar um número maior de instituições e essa ação vem demonstrar o papel importante do Carvão Mineral para Criciúma. Tem toda a história do setor com a região e o investimento em pessoas mostra a responsabilidade dessa instituição, isso demonstra a grandeza da indústria”, afirma a diretora executiva da Abadeus, Shirlei Monteiro.
O encontro contou com a presença do presidente de honra do Siecesc, o engenheiro Ruy Hülse que destacou a importância de as entidades estarem presentes. “Resgata o intuito social que as empresas têm em mente e essa ideia tem que atingir ainda mais pessoas, e para que isso possa acontecer é importante que o minerador conheça as entidades. Espero que se torne um projeto muito maior”, salienta Hülse.
A partir da próxima semana os protocolos de intensões, entre o Carvão Mineral e as instituições filantrópicas começam a ser celebrados, dando início ao repasse dos valores para as entidades contempladas com o projeto. A estimativa é que já no próximo ano o projeto “Carvão Amigo” seja ampliado e comece a contemplar pelo menos dez instituições.

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2017-04-07 15:36:23 [dt_sistema] => 2017-04-07 15:36:23 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Projeto “Carvão Amigo” é lançado e apresentado para entidades filantrópicas

27/03/2017

Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc

Com o intuito de continuar ajudando instituições filantrópicas da região foi lançado na manhã desta quinta-feira (23), na sede do Sindicato da Indústria de Extração de Carvão do Estado de Santa Catarina (Siecesc), o Projeto “Carvão Amigo”. Todas as seis entidades que participantes se fizeram presentes e conheceram qual o modo de funcionamento do projeto.
“O Siecesc já ajudava algumas entidades e vimos que estava na hora de começar a ampliar essa atitude, assim criamos o “Carvão Amigo”, para que através do projeto possamos abranger ainda mais entidades. Começamos com seis e pretendemos ir ampliando com o decorrer dos anos para que essa se torne uma iniciativa consolidada”, explica o diretor executivo do Siecesc, Cel. Márcio José Cabral.
As seis entidades que começam a participar do projeto são: Abadeus, Asilo São Vicente de Paulo, Bairro da Juventude, Casa Guido, Cruz Vermelha e Nossa Casa. Todas reiteraram a importância do projeto no atual momento do país.
“Quero parabenizar a iniciativa, pela primeira vez eu vejo um projeto que quer englobar um número maior de instituições e essa ação vem demonstrar o papel importante do Carvão Mineral para Criciúma. Tem toda a história do setor com a região e o investimento em pessoas mostra a responsabilidade dessa instituição, isso demonstra a grandeza da indústria”, afirma a diretora executiva da Abadeus, Shirlei Monteiro.
O encontro contou com a presença do presidente de honra do Siecesc, o engenheiro Ruy Hülse que destacou a importância de as entidades estarem presentes. “Resgata o intuito social que as empresas têm em mente e essa ideia tem que atingir ainda mais pessoas, e para que isso possa acontecer é importante que o minerador conheça as entidades. Espero que se torne um projeto muito maior”, salienta Hülse.
A partir da próxima semana os protocolos de intensões, entre o Carvão Mineral e as instituições filantrópicas começam a ser celebrados, dando início ao repasse dos valores para as entidades contempladas com o projeto. A estimativa é que já no próximo ano o projeto “Carvão Amigo” seja ampliado e comece a contemplar pelo menos dez instituições.

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351