Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 641
    [i_conteudo] => 641
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2016-10-24
    [dt_conteudo] => 2016-10-24
    [4] => Comitiva do Carvão pede apoio ao governador para efetivação da MP 735
    [titulo] => Comitiva do Carvão pede apoio ao governador para efetivação da MP 735
    [5] => Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc
    [autor] => Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc
    [6] => MP quer tornar o parque termelétrico mais eficiente, reduzindo as emissões de CO², além de trazer emprego e renda para o Sul
    [resumo] => MP quer tornar o parque termelétrico mais eficiente, reduzindo as emissões de CO², além de trazer emprego e renda para o Sul
    [7] => 

A Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral juntamente com empresários do setor carbonífero catarinense estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (24) com o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo. Em pauta estava a efetivação da MP 735/2016, que foi aprovada na última semana no senado e seguiu para sanção presidencial.

A MP traz em seu texto o Programa de Modernização do Parque Térmico Brasileiro. O objetivo é renovar a vida útil das térmicas existentes e ainda torná-las mais eficientes e reduzir as emissões de CO², tornando a indústria cada vez mais sustentável. “A conversa foi positiva. O governador disse que iria conversar com o governo federal, visando efetivar o que foi aprovado na semana passada”, conta o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral, Fernando Zancan.

O programa trará um investimento de 5 bilhões de dólares para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina durante um período de 10 anos. Além de manter no mínimo o nível de produção já existente, propiciará um novo patamar tecnológico, preparando a indústria para um futuro de baixo carbono, além de continuar gerando emprego, renda e desenvolvimento nas regiões mineiras.

Estavam presentes na reunião representantes de todas as empresas carboníferas, além de representantes do Siecesc, o prefeito eleito de Criciúma, Clésio Salvaro, o deputado estadual Valmir Comin e o presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral, senador Paulo Bauer. Os deputados federais não puderam se fazer presentes, pois foram convocados para estar em Brasília.

[conteudo] =>

A Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral juntamente com empresários do setor carbonífero catarinense estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (24) com o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo. Em pauta estava a efetivação da MP 735/2016, que foi aprovada na última semana no senado e seguiu para sanção presidencial.

A MP traz em seu texto o Programa de Modernização do Parque Térmico Brasileiro. O objetivo é renovar a vida útil das térmicas existentes e ainda torná-las mais eficientes e reduzir as emissões de CO², tornando a indústria cada vez mais sustentável. “A conversa foi positiva. O governador disse que iria conversar com o governo federal, visando efetivar o que foi aprovado na semana passada”, conta o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral, Fernando Zancan.

O programa trará um investimento de 5 bilhões de dólares para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina durante um período de 10 anos. Além de manter no mínimo o nível de produção já existente, propiciará um novo patamar tecnológico, preparando a indústria para um futuro de baixo carbono, além de continuar gerando emprego, renda e desenvolvimento nas regiões mineiras.

Estavam presentes na reunião representantes de todas as empresas carboníferas, além de representantes do Siecesc, o prefeito eleito de Criciúma, Clésio Salvaro, o deputado estadual Valmir Comin e o presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral, senador Paulo Bauer. Os deputados federais não puderam se fazer presentes, pois foram convocados para estar em Brasília.

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2016-10-24 17:12:18 [dt_sistema] => 2016-10-24 17:12:18 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Comitiva do Carvão pede apoio ao governador para efetivação da MP 735

24/10/2016

Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc

A Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral juntamente com empresários do setor carbonífero catarinense estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (24) com o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo. Em pauta estava a efetivação da MP 735/2016, que foi aprovada na última semana no senado e seguiu para sanção presidencial.

A MP traz em seu texto o Programa de Modernização do Parque Térmico Brasileiro. O objetivo é renovar a vida útil das térmicas existentes e ainda torná-las mais eficientes e reduzir as emissões de CO², tornando a indústria cada vez mais sustentável. “A conversa foi positiva. O governador disse que iria conversar com o governo federal, visando efetivar o que foi aprovado na semana passada”, conta o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral, Fernando Zancan.

O programa trará um investimento de 5 bilhões de dólares para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina durante um período de 10 anos. Além de manter no mínimo o nível de produção já existente, propiciará um novo patamar tecnológico, preparando a indústria para um futuro de baixo carbono, além de continuar gerando emprego, renda e desenvolvimento nas regiões mineiras.

Estavam presentes na reunião representantes de todas as empresas carboníferas, além de representantes do Siecesc, o prefeito eleito de Criciúma, Clésio Salvaro, o deputado estadual Valmir Comin e o presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral, senador Paulo Bauer. Os deputados federais não puderam se fazer presentes, pois foram convocados para estar em Brasília.

    Somos associados

     

  • CIAB
  • epe
  • World Coal Association
  • Global CCS Institute

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351