Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 641
    [i_conteudo] => 641
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2016-10-24
    [dt_conteudo] => 2016-10-24
    [4] => Comitiva do Carvão pede apoio ao governador para efetivação da MP 735
    [titulo] => Comitiva do Carvão pede apoio ao governador para efetivação da MP 735
    [5] => Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc
    [autor] => Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc
    [6] => MP quer tornar o parque termelétrico mais eficiente, reduzindo as emissões de CO², além de trazer emprego e renda para o Sul
    [resumo] => MP quer tornar o parque termelétrico mais eficiente, reduzindo as emissões de CO², além de trazer emprego e renda para o Sul
    [7] => 

A Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral juntamente com empresários do setor carbonífero catarinense estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (24) com o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo. Em pauta estava a efetivação da MP 735/2016, que foi aprovada na última semana no senado e seguiu para sanção presidencial.

A MP traz em seu texto o Programa de Modernização do Parque Térmico Brasileiro. O objetivo é renovar a vida útil das térmicas existentes e ainda torná-las mais eficientes e reduzir as emissões de CO², tornando a indústria cada vez mais sustentável. “A conversa foi positiva. O governador disse que iria conversar com o governo federal, visando efetivar o que foi aprovado na semana passada”, conta o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral, Fernando Zancan.

O programa trará um investimento de 5 bilhões de dólares para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina durante um período de 10 anos. Além de manter no mínimo o nível de produção já existente, propiciará um novo patamar tecnológico, preparando a indústria para um futuro de baixo carbono, além de continuar gerando emprego, renda e desenvolvimento nas regiões mineiras.

Estavam presentes na reunião representantes de todas as empresas carboníferas, além de representantes do Siecesc, o prefeito eleito de Criciúma, Clésio Salvaro, o deputado estadual Valmir Comin e o presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral, senador Paulo Bauer. Os deputados federais não puderam se fazer presentes, pois foram convocados para estar em Brasília.

[conteudo] =>

A Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral juntamente com empresários do setor carbonífero catarinense estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (24) com o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo. Em pauta estava a efetivação da MP 735/2016, que foi aprovada na última semana no senado e seguiu para sanção presidencial.

A MP traz em seu texto o Programa de Modernização do Parque Térmico Brasileiro. O objetivo é renovar a vida útil das térmicas existentes e ainda torná-las mais eficientes e reduzir as emissões de CO², tornando a indústria cada vez mais sustentável. “A conversa foi positiva. O governador disse que iria conversar com o governo federal, visando efetivar o que foi aprovado na semana passada”, conta o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral, Fernando Zancan.

O programa trará um investimento de 5 bilhões de dólares para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina durante um período de 10 anos. Além de manter no mínimo o nível de produção já existente, propiciará um novo patamar tecnológico, preparando a indústria para um futuro de baixo carbono, além de continuar gerando emprego, renda e desenvolvimento nas regiões mineiras.

Estavam presentes na reunião representantes de todas as empresas carboníferas, além de representantes do Siecesc, o prefeito eleito de Criciúma, Clésio Salvaro, o deputado estadual Valmir Comin e o presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral, senador Paulo Bauer. Os deputados federais não puderam se fazer presentes, pois foram convocados para estar em Brasília.

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2016-10-24 17:12:18 [dt_sistema] => 2016-10-24 17:12:18 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Comitiva do Carvão pede apoio ao governador para efetivação da MP 735

24/10/2016

Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc

A Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral juntamente com empresários do setor carbonífero catarinense estiveram reunidos na tarde desta segunda-feira (24) com o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo. Em pauta estava a efetivação da MP 735/2016, que foi aprovada na última semana no senado e seguiu para sanção presidencial.

A MP traz em seu texto o Programa de Modernização do Parque Térmico Brasileiro. O objetivo é renovar a vida útil das térmicas existentes e ainda torná-las mais eficientes e reduzir as emissões de CO², tornando a indústria cada vez mais sustentável. “A conversa foi positiva. O governador disse que iria conversar com o governo federal, visando efetivar o que foi aprovado na semana passada”, conta o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral, Fernando Zancan.

O programa trará um investimento de 5 bilhões de dólares para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina durante um período de 10 anos. Além de manter no mínimo o nível de produção já existente, propiciará um novo patamar tecnológico, preparando a indústria para um futuro de baixo carbono, além de continuar gerando emprego, renda e desenvolvimento nas regiões mineiras.

Estavam presentes na reunião representantes de todas as empresas carboníferas, além de representantes do Siecesc, o prefeito eleito de Criciúma, Clésio Salvaro, o deputado estadual Valmir Comin e o presidente da Frente Parlamentar em Defesa do Carvão Mineral, senador Paulo Bauer. Os deputados federais não puderam se fazer presentes, pois foram convocados para estar em Brasília.

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351