Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 632
    [i_conteudo] => 632
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2016-10-10
    [dt_conteudo] => 2016-10-10
    [4] => Sipatmin da Carbonífera Catarinense reúne mais de 130 trabalhadores
    [titulo] => Sipatmin da Carbonífera Catarinense reúne mais de 130 trabalhadores
    [5] => Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc
    [autor] => Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc
    [6] => Evento, que chega a sua 16ª edição tem como tema “Para um bom trabalho a segurança não é opção, é obrigação”
    [resumo] => Evento, que chega a sua 16ª edição tem como tema “Para um bom trabalho a segurança não é opção, é obrigação”
    [7] => 

A saúde e segurança do trabalhador de minas foi o objetivo principal do 16º Sipatmin da Carbonifera Catarinense. O evento, que ocorreu desde a terça-feira (4), encerrou-se nesta quinta-feira (6) e reuniu mais de 130 trabalhadores todos os dias, para discutir e receber orientações sobre as práticas de segurança de mina.

“A cada ano o evento vem melhorando. Atinge bastante os trabalhadores, pois são questões que nós abordamos no dia a dia”, conta a fisioterapeuta e coordenadora de eventos da empresa, Manuella Prestes Barato.

Para encerrar, o grupo de teatro "Raízes do Carvão" fez a apresentação da peça "Segurança se faz todos os dias, não deixe para depois". O grupo é um dos três projetos abraçados pela carbonífera.

“Temos o coral com filhos dos mineiros e crianças da comunidade, que cantou no primeiro dia, além da Associação Beneficente Anjos Mineiros, que também ajudam durante o ano as famílias carentes, com enxovais para bebês”, explica a assistente social da Catarinense, Tânia Regina Vilaça Barreto.

Além do teatro e entrega de prêmios, realizados nesta quinta-feira, nos dias anteriores houve palestras sobre gestão de stress, drogas, gestão de finanças e uma palestra com o coach Douglas Roviano sobre o tema “O que vem antes da felicidade”.

[conteudo] =>

A saúde e segurança do trabalhador de minas foi o objetivo principal do 16º Sipatmin da Carbonifera Catarinense. O evento, que ocorreu desde a terça-feira (4), encerrou-se nesta quinta-feira (6) e reuniu mais de 130 trabalhadores todos os dias, para discutir e receber orientações sobre as práticas de segurança de mina.

“A cada ano o evento vem melhorando. Atinge bastante os trabalhadores, pois são questões que nós abordamos no dia a dia”, conta a fisioterapeuta e coordenadora de eventos da empresa, Manuella Prestes Barato.

Para encerrar, o grupo de teatro "Raízes do Carvão" fez a apresentação da peça "Segurança se faz todos os dias, não deixe para depois". O grupo é um dos três projetos abraçados pela carbonífera.

“Temos o coral com filhos dos mineiros e crianças da comunidade, que cantou no primeiro dia, além da Associação Beneficente Anjos Mineiros, que também ajudam durante o ano as famílias carentes, com enxovais para bebês”, explica a assistente social da Catarinense, Tânia Regina Vilaça Barreto.

Além do teatro e entrega de prêmios, realizados nesta quinta-feira, nos dias anteriores houve palestras sobre gestão de stress, drogas, gestão de finanças e uma palestra com o coach Douglas Roviano sobre o tema “O que vem antes da felicidade”.

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2016-10-10 13:47:48 [dt_sistema] => 2016-10-10 13:47:48 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Sipatmin da Carbonífera Catarinense reúne mais de 130 trabalhadores

10/10/2016

Lucas Jorge - Assessoria de Imprensa Siecesc

A saúde e segurança do trabalhador de minas foi o objetivo principal do 16º Sipatmin da Carbonifera Catarinense. O evento, que ocorreu desde a terça-feira (4), encerrou-se nesta quinta-feira (6) e reuniu mais de 130 trabalhadores todos os dias, para discutir e receber orientações sobre as práticas de segurança de mina.

“A cada ano o evento vem melhorando. Atinge bastante os trabalhadores, pois são questões que nós abordamos no dia a dia”, conta a fisioterapeuta e coordenadora de eventos da empresa, Manuella Prestes Barato.

Para encerrar, o grupo de teatro "Raízes do Carvão" fez a apresentação da peça "Segurança se faz todos os dias, não deixe para depois". O grupo é um dos três projetos abraçados pela carbonífera.

“Temos o coral com filhos dos mineiros e crianças da comunidade, que cantou no primeiro dia, além da Associação Beneficente Anjos Mineiros, que também ajudam durante o ano as famílias carentes, com enxovais para bebês”, explica a assistente social da Catarinense, Tânia Regina Vilaça Barreto.

Além do teatro e entrega de prêmios, realizados nesta quinta-feira, nos dias anteriores houve palestras sobre gestão de stress, drogas, gestão de finanças e uma palestra com o coach Douglas Roviano sobre o tema “O que vem antes da felicidade”.

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351