Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 585
    [i_conteudo] => 585
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2016-03-28
    [dt_conteudo] => 2016-03-28
    [4] => Rio Tinto escolhe Jean-Sébastien Jacques como novo CEO
    [titulo] => Rio Tinto escolhe Jean-Sébastien Jacques como novo CEO
    [5] => INÊS F. ALVES
    [autor] => INÊS F. ALVES
    [6] => A multinacional Rio Tinto, a segunda maior empresa do sector mineiro do mundo, escolheu Jean-Sébastien Jacques para suceder a Sam Walsh no cargo de CEO. Jacques assume funções em Julho deste ano. As acções dispararam em Londres.
    [resumo] => A multinacional Rio Tinto, a segunda maior empresa do sector mineiro do mundo, escolheu Jean-Sébastien Jacques para suceder a Sam Walsh no cargo de CEO. Jacques assume funções em Julho deste ano. As acções dispararam em Londres.
    [7] => 

A multinacional Rio Tinto, a segunda maior empresa do sector mineiro do mundo, escolheu Jean-Sébastien Jacques para suceder a Sam Walsh no cargo de CEO. Jacques assume funções em Julho deste ano. As acções dispararam em Londres.

A Rio Tinto, com sede em Londres, informou esta quinta-feira, 17 de Março, que escolheu Jean-Sébastien Jacque, de 44 anos, responsável de topo do segmento de cobre e carvão, para suceder a Sam Walsh, de 66 anos, que deixa o cargo em Julho deste ano.

"Para assegurar uma transição suave", Jean-Sébastien Jacques vai assumir a função de "vice-director executivo com efeito imediato", adianta a empresa em comunicado.

"Jean-Sébastien é um executivo muito experiente" que oferece à empresa "uma fusão única de conhecimento estratégico e operacional", adiantou Jan du Plessis, presidente da empresa nesta nota, acrescentando que este "tem gerido operações complexas e projectos em cinco segmentos de ‘commodities’ e em cinco continentes."

A 1 de Julho de 2016, Sam Walsh deixará o cargo de CEO depois de quase sete anos nos quadros da empresa.

"Sam [Walsh] foi nomeado como director executivo num momento desafiante para a nossa empresa e estou muito grato pela sua tremenda liderança nos últimos três anos. Contra um contexto de volatilidade económica, Sam e a sua equipa transformaram o negócio", elogiou Jan du Plessis.

Sam Walsh, por seu turno, disse estar "muito orgulhoso" pelo trabalho desenvolvido e mostrou-se disponível para auxiliar neste período de transição.

Informa ainda a empresa que Jean-Sébastien Jacques vai receber enquanto vice-director executivo um salário base de 800.000 libras (1.017.990 euros), valor que será actualizado para 1.080.000 libras (1.374.290 euros) quando assumir a função de CEO, a 2 de Julho deste ano.

A acrescer ao salário base, em ambos os casos, está um bónus de 120% o salário base caso sejam atingidos os objectivos anuais traçados, assim como outros benefícios no âmbito de um plano de incentivos de longo prazo.

"O cobre é a ‘commodity’ mais excitante neste momento para a Rio Tinto, então eles estão a avançar com a pessoa do cobre. Na última transição, o ferro era o que mais os entusiasmava e eles lançaram alguém ligado ao ferro", disse Mathew Hodge, analista da Morningstar, à Bloomberg.

Jean-Sébastien Jacques assume funções numa altura em que as empresas do sector tentam responder à transição económica da China, de uma economia baseada na indústria para uma baseada no consumo, o que deverá beneficiar metais incluindo o cobre, utilizado em carros, grelhas eléctricas, etc, escreve a agência.

A notícia fez as acções da Rio Tinto disparar em Londres mais de 6% da sessão desta quinta-feira. As acções seguem a somar 4,20% para 2.010,50 libras (2.558,34 euros).

[conteudo] =>

A multinacional Rio Tinto, a segunda maior empresa do sector mineiro do mundo, escolheu Jean-Sébastien Jacques para suceder a Sam Walsh no cargo de CEO. Jacques assume funções em Julho deste ano. As acções dispararam em Londres.

A Rio Tinto, com sede em Londres, informou esta quinta-feira, 17 de Março, que escolheu Jean-Sébastien Jacque, de 44 anos, responsável de topo do segmento de cobre e carvão, para suceder a Sam Walsh, de 66 anos, que deixa o cargo em Julho deste ano.

"Para assegurar uma transição suave", Jean-Sébastien Jacques vai assumir a função de "vice-director executivo com efeito imediato", adianta a empresa em comunicado.

"Jean-Sébastien é um executivo muito experiente" que oferece à empresa "uma fusão única de conhecimento estratégico e operacional", adiantou Jan du Plessis, presidente da empresa nesta nota, acrescentando que este "tem gerido operações complexas e projectos em cinco segmentos de ‘commodities’ e em cinco continentes."

A 1 de Julho de 2016, Sam Walsh deixará o cargo de CEO depois de quase sete anos nos quadros da empresa.

"Sam [Walsh] foi nomeado como director executivo num momento desafiante para a nossa empresa e estou muito grato pela sua tremenda liderança nos últimos três anos. Contra um contexto de volatilidade económica, Sam e a sua equipa transformaram o negócio", elogiou Jan du Plessis.

Sam Walsh, por seu turno, disse estar "muito orgulhoso" pelo trabalho desenvolvido e mostrou-se disponível para auxiliar neste período de transição.

Informa ainda a empresa que Jean-Sébastien Jacques vai receber enquanto vice-director executivo um salário base de 800.000 libras (1.017.990 euros), valor que será actualizado para 1.080.000 libras (1.374.290 euros) quando assumir a função de CEO, a 2 de Julho deste ano.

A acrescer ao salário base, em ambos os casos, está um bónus de 120% o salário base caso sejam atingidos os objectivos anuais traçados, assim como outros benefícios no âmbito de um plano de incentivos de longo prazo.

"O cobre é a ‘commodity’ mais excitante neste momento para a Rio Tinto, então eles estão a avançar com a pessoa do cobre. Na última transição, o ferro era o que mais os entusiasmava e eles lançaram alguém ligado ao ferro", disse Mathew Hodge, analista da Morningstar, à Bloomberg.

Jean-Sébastien Jacques assume funções numa altura em que as empresas do sector tentam responder à transição económica da China, de uma economia baseada na indústria para uma baseada no consumo, o que deverá beneficiar metais incluindo o cobre, utilizado em carros, grelhas eléctricas, etc, escreve a agência.

A notícia fez as acções da Rio Tinto disparar em Londres mais de 6% da sessão desta quinta-feira. As acções seguem a somar 4,20% para 2.010,50 libras (2.558,34 euros).

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2016-03-30 12:32:24 [dt_sistema] => 2016-03-30 12:32:24 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Rio Tinto escolhe Jean-Sébastien Jacques como novo CEO

28/03/2016

INÊS F. ALVES

A multinacional Rio Tinto, a segunda maior empresa do sector mineiro do mundo, escolheu Jean-Sébastien Jacques para suceder a Sam Walsh no cargo de CEO. Jacques assume funções em Julho deste ano. As acções dispararam em Londres.

A Rio Tinto, com sede em Londres, informou esta quinta-feira, 17 de Março, que escolheu Jean-Sébastien Jacque, de 44 anos, responsável de topo do segmento de cobre e carvão, para suceder a Sam Walsh, de 66 anos, que deixa o cargo em Julho deste ano.

"Para assegurar uma transição suave", Jean-Sébastien Jacques vai assumir a função de "vice-director executivo com efeito imediato", adianta a empresa em comunicado.

"Jean-Sébastien é um executivo muito experiente" que oferece à empresa "uma fusão única de conhecimento estratégico e operacional", adiantou Jan du Plessis, presidente da empresa nesta nota, acrescentando que este "tem gerido operações complexas e projectos em cinco segmentos de ‘commodities’ e em cinco continentes."

A 1 de Julho de 2016, Sam Walsh deixará o cargo de CEO depois de quase sete anos nos quadros da empresa.

"Sam [Walsh] foi nomeado como director executivo num momento desafiante para a nossa empresa e estou muito grato pela sua tremenda liderança nos últimos três anos. Contra um contexto de volatilidade económica, Sam e a sua equipa transformaram o negócio", elogiou Jan du Plessis.

Sam Walsh, por seu turno, disse estar "muito orgulhoso" pelo trabalho desenvolvido e mostrou-se disponível para auxiliar neste período de transição.

Informa ainda a empresa que Jean-Sébastien Jacques vai receber enquanto vice-director executivo um salário base de 800.000 libras (1.017.990 euros), valor que será actualizado para 1.080.000 libras (1.374.290 euros) quando assumir a função de CEO, a 2 de Julho deste ano.

A acrescer ao salário base, em ambos os casos, está um bónus de 120% o salário base caso sejam atingidos os objectivos anuais traçados, assim como outros benefícios no âmbito de um plano de incentivos de longo prazo.

"O cobre é a ‘commodity’ mais excitante neste momento para a Rio Tinto, então eles estão a avançar com a pessoa do cobre. Na última transição, o ferro era o que mais os entusiasmava e eles lançaram alguém ligado ao ferro", disse Mathew Hodge, analista da Morningstar, à Bloomberg.

Jean-Sébastien Jacques assume funções numa altura em que as empresas do sector tentam responder à transição económica da China, de uma economia baseada na indústria para uma baseada no consumo, o que deverá beneficiar metais incluindo o cobre, utilizado em carros, grelhas eléctricas, etc, escreve a agência.

A notícia fez as acções da Rio Tinto disparar em Londres mais de 6% da sessão desta quinta-feira. As acções seguem a somar 4,20% para 2.010,50 libras (2.558,34 euros).

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351