Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 582
    [i_conteudo] => 582
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2016-03-20
    [dt_conteudo] => 2016-03-20
    [4] => Inaugurada a primeira etapa da UTE Pampa Sul em Candiota
    [titulo] => Inaugurada a primeira etapa da UTE Pampa Sul em Candiota
    [5] => Assessoria Dep. Afonso Hamm
    [autor] => Assessoria Dep. Afonso Hamm
    [6] => A região da campanha foi contemplada, nesta sexta-feira, com a inauguração do término da etapa das fundações da caldeira da Usina Termelétrica das fundações da caldeira da Usina Termelétrica (UTE) Pampa Sul, da Tractebel Energia. 
    [resumo] => A região da campanha foi contemplada, nesta sexta-feira, com a inauguração do término da etapa das fundações da caldeira da Usina Termelétrica das fundações da caldeira da Usina Termelétrica (UTE) Pampa Sul, da Tractebel Energia. 
    [7] => 

A região da campanha foi contemplada, nesta sexta-feira, com a inauguração do término da etapa das fundações da caldeira da Usina Termelétrica das fundações da caldeira da Usina Termelétrica (UTE) Pampa Sul, da Tractebel Energia. O deputado federal Afonso Hamm, que é vice-presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral, participou do evento.
A UTE Pampa Sul, que está sendo construída em Seival, no município de Candiota, terá um investimento de R$ 1,8 milhão e com capacidade de geração de energia de 340 megawatts. As obras alcançam novo marco, com término das fundações, que é o equipamento mais importante e complexo da usina. Atualmente, mais de mil pessoas estão trabalhando na usina, sendo 80% de mão-de-obra no Rio Grande do Sul.

Na oportunidade, Hamm salientou que esta é uma obra estratégica para o desenvolvimento, gerando empregos e renda para todo Estado e energia firme para todo Brasil. O parlamentar ressaltou sobre o trabalho da Frente Parlamentar no sentido de incluir o carvão mineral no leilão de energia A-5, ocorrido em 2014, e que teve a UTE Pampa Sul como vencedora e para efetivação de preços competitivos. Ainda relatou sobre a importância do carvão mineral no ponto de vista estratégico e de desenvolvimento, gerando energia firme e segurança energética, com a participação da CGTEE, Copelmi e CRM. Ainda ressaltou sobre a decisão da Tractebel Energia em investir na região, com tecnologia inovadora e de baixo impacto ambiental e conclamou para que a previsão da etapa de mais 340 MW também seja implantada em Candiota.

Desenvolvimento

O evento contou com a presença do governador do RS, José Ivo Sartori, que relatou sobre o lançamento do primeiro Plano Energético do RS, que planeja o setor para a próxima década. "É um passo sem volta para o caminho da produção de energia através do carvão mineral", enfatizou o governador ao detalhar sobre a importância desse empreendimento na geração de empregos e renda.

Na oportunidade, o diretor-presidente da Engie Tractebel Energia, Manoel Zaroni Torres, comentou que esse momento marca a transição da obra, que passa das obras civis para etapa de montagem eletromecânica, com a utilização das primeiras estruturas vindas da China para Candiota. Ainda assinalou que a empresa espera cumprir o cronograma estabelecido, com a conclusão da obra e que em janeiro de 2019, passe a produzir energia para o Brasil. O diretor-presidente da UTE Pampa Sul, José Laydner, relatou outras etapas das obras, a escavação e o concreto de regularização de fundo da torre de resfriamento. Ao lado da torre, a área destinada para a estação de bombeamento de água está sendo preparada com a escavação do terreno. A obra da fundação da chaminé também está em andamento, com a primeira concretagem da estrutura da base.

Após os pronunciamentos, houve o descerramento da placa alusiva a primeira etapa da obra. Também estavam presentes no evento, o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Fernando Zancan, secretário de agricultura do RS, Ernani Polo; secretário adjunto de Minas e Energia, Artur Lemos; prefeito de Candiota, Luís Carlos Folador; prefeito de Hulha Negra, Erone Londero; vereadores da região e representantes de entidades ligadas ao setor de energia. 

[conteudo] =>

A região da campanha foi contemplada, nesta sexta-feira, com a inauguração do término da etapa das fundações da caldeira da Usina Termelétrica das fundações da caldeira da Usina Termelétrica (UTE) Pampa Sul, da Tractebel Energia. O deputado federal Afonso Hamm, que é vice-presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral, participou do evento.
A UTE Pampa Sul, que está sendo construída em Seival, no município de Candiota, terá um investimento de R$ 1,8 milhão e com capacidade de geração de energia de 340 megawatts. As obras alcançam novo marco, com término das fundações, que é o equipamento mais importante e complexo da usina. Atualmente, mais de mil pessoas estão trabalhando na usina, sendo 80% de mão-de-obra no Rio Grande do Sul.

Na oportunidade, Hamm salientou que esta é uma obra estratégica para o desenvolvimento, gerando empregos e renda para todo Estado e energia firme para todo Brasil. O parlamentar ressaltou sobre o trabalho da Frente Parlamentar no sentido de incluir o carvão mineral no leilão de energia A-5, ocorrido em 2014, e que teve a UTE Pampa Sul como vencedora e para efetivação de preços competitivos. Ainda relatou sobre a importância do carvão mineral no ponto de vista estratégico e de desenvolvimento, gerando energia firme e segurança energética, com a participação da CGTEE, Copelmi e CRM. Ainda ressaltou sobre a decisão da Tractebel Energia em investir na região, com tecnologia inovadora e de baixo impacto ambiental e conclamou para que a previsão da etapa de mais 340 MW também seja implantada em Candiota.

Desenvolvimento

O evento contou com a presença do governador do RS, José Ivo Sartori, que relatou sobre o lançamento do primeiro Plano Energético do RS, que planeja o setor para a próxima década. "É um passo sem volta para o caminho da produção de energia através do carvão mineral", enfatizou o governador ao detalhar sobre a importância desse empreendimento na geração de empregos e renda.

Na oportunidade, o diretor-presidente da Engie Tractebel Energia, Manoel Zaroni Torres, comentou que esse momento marca a transição da obra, que passa das obras civis para etapa de montagem eletromecânica, com a utilização das primeiras estruturas vindas da China para Candiota. Ainda assinalou que a empresa espera cumprir o cronograma estabelecido, com a conclusão da obra e que em janeiro de 2019, passe a produzir energia para o Brasil. O diretor-presidente da UTE Pampa Sul, José Laydner, relatou outras etapas das obras, a escavação e o concreto de regularização de fundo da torre de resfriamento. Ao lado da torre, a área destinada para a estação de bombeamento de água está sendo preparada com a escavação do terreno. A obra da fundação da chaminé também está em andamento, com a primeira concretagem da estrutura da base.

Após os pronunciamentos, houve o descerramento da placa alusiva a primeira etapa da obra. Também estavam presentes no evento, o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Fernando Zancan, secretário de agricultura do RS, Ernani Polo; secretário adjunto de Minas e Energia, Artur Lemos; prefeito de Candiota, Luís Carlos Folador; prefeito de Hulha Negra, Erone Londero; vereadores da região e representantes de entidades ligadas ao setor de energia. 

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2016-03-21 10:18:53 [dt_sistema] => 2016-03-21 10:18:53 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Inaugurada a primeira etapa da UTE Pampa Sul em Candiota

20/03/2016

Assessoria Dep. Afonso Hamm

A região da campanha foi contemplada, nesta sexta-feira, com a inauguração do término da etapa das fundações da caldeira da Usina Termelétrica das fundações da caldeira da Usina Termelétrica (UTE) Pampa Sul, da Tractebel Energia. O deputado federal Afonso Hamm, que é vice-presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral, participou do evento.
A UTE Pampa Sul, que está sendo construída em Seival, no município de Candiota, terá um investimento de R$ 1,8 milhão e com capacidade de geração de energia de 340 megawatts. As obras alcançam novo marco, com término das fundações, que é o equipamento mais importante e complexo da usina. Atualmente, mais de mil pessoas estão trabalhando na usina, sendo 80% de mão-de-obra no Rio Grande do Sul.

Na oportunidade, Hamm salientou que esta é uma obra estratégica para o desenvolvimento, gerando empregos e renda para todo Estado e energia firme para todo Brasil. O parlamentar ressaltou sobre o trabalho da Frente Parlamentar no sentido de incluir o carvão mineral no leilão de energia A-5, ocorrido em 2014, e que teve a UTE Pampa Sul como vencedora e para efetivação de preços competitivos. Ainda relatou sobre a importância do carvão mineral no ponto de vista estratégico e de desenvolvimento, gerando energia firme e segurança energética, com a participação da CGTEE, Copelmi e CRM. Ainda ressaltou sobre a decisão da Tractebel Energia em investir na região, com tecnologia inovadora e de baixo impacto ambiental e conclamou para que a previsão da etapa de mais 340 MW também seja implantada em Candiota.

Desenvolvimento

O evento contou com a presença do governador do RS, José Ivo Sartori, que relatou sobre o lançamento do primeiro Plano Energético do RS, que planeja o setor para a próxima década. "É um passo sem volta para o caminho da produção de energia através do carvão mineral", enfatizou o governador ao detalhar sobre a importância desse empreendimento na geração de empregos e renda.

Na oportunidade, o diretor-presidente da Engie Tractebel Energia, Manoel Zaroni Torres, comentou que esse momento marca a transição da obra, que passa das obras civis para etapa de montagem eletromecânica, com a utilização das primeiras estruturas vindas da China para Candiota. Ainda assinalou que a empresa espera cumprir o cronograma estabelecido, com a conclusão da obra e que em janeiro de 2019, passe a produzir energia para o Brasil. O diretor-presidente da UTE Pampa Sul, José Laydner, relatou outras etapas das obras, a escavação e o concreto de regularização de fundo da torre de resfriamento. Ao lado da torre, a área destinada para a estação de bombeamento de água está sendo preparada com a escavação do terreno. A obra da fundação da chaminé também está em andamento, com a primeira concretagem da estrutura da base.

Após os pronunciamentos, houve o descerramento da placa alusiva a primeira etapa da obra. Também estavam presentes no evento, o presidente da Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM), Fernando Zancan, secretário de agricultura do RS, Ernani Polo; secretário adjunto de Minas e Energia, Artur Lemos; prefeito de Candiota, Luís Carlos Folador; prefeito de Hulha Negra, Erone Londero; vereadores da região e representantes de entidades ligadas ao setor de energia. 

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351