Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 569
    [i_conteudo] => 569
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2016-02-12
    [dt_conteudo] => 2016-02-12
    [4] => Engenharia de Minas vai ampliar a qualidade da mão de obra na região
    [titulo] => Engenharia de Minas vai ampliar a qualidade da mão de obra na região
    [5] => Portal Satc
    [autor] => Portal Satc
    [6] => Novo curso oferecido pela Faculdade Satc inicia no primeiro semestre de 2016 voltado ao profissional atuante na mineração.
    [resumo] => Novo curso oferecido pela Faculdade Satc inicia no primeiro semestre de 2016 voltado ao profissional atuante na mineração.
    [7] => 

Engana-se quem associa a engenharia de minas somente à indústria carbonífera. Tudo que nos rodeia, da roupa ao pneu do carro, tem um componente de mineração envolvido. Pensando em formar profissionais para este mercado promissor, a Faculdade Satc abre o primeiro curso de Engenharia de Minas de Santa Catarina em 2016.

Conforme o coordenador do novo curso, André Luiz Amorim Smaniotto, mesmo com um viés forte na extração do carvão, o curso irá preparar o acadêmico para todo tipo de mineração. “Nós temos, somente na região, setores como cerâmico, fertilizantes e construção civil, que precisam de um engenheiro de minas. Por isso é um campo muito vasto a ser explorado”, destacou.

Engenheiro de Minas há 36 anos, o diretor executivo da Satc Fernando Zancan foi um dos defensores da criação do curso. "Será o único existente entre Porto Alegre e São Paulo. É de suma importância para a região carbonífera, tanto para o desenvolvimento quanto para a criação de massa crítica. A região tem tudo para crescer ainda mais com o carvão e com engenheiros formados aqui", Fernando Zancan.

Além de aperfeiçoar a mão de obra regional, o curso de Engenharia de Minhas da Faculdade Satc vai colaborar com a produção de conhecimento do setor. “As empresas poderão buscar na academia o conhecimento técnico e teórico sobre mineração”, lembrou Smaniotto. As aulas começam em fevereiro de 2016.

[conteudo] =>

Engana-se quem associa a engenharia de minas somente à indústria carbonífera. Tudo que nos rodeia, da roupa ao pneu do carro, tem um componente de mineração envolvido. Pensando em formar profissionais para este mercado promissor, a Faculdade Satc abre o primeiro curso de Engenharia de Minas de Santa Catarina em 2016.

Conforme o coordenador do novo curso, André Luiz Amorim Smaniotto, mesmo com um viés forte na extração do carvão, o curso irá preparar o acadêmico para todo tipo de mineração. “Nós temos, somente na região, setores como cerâmico, fertilizantes e construção civil, que precisam de um engenheiro de minas. Por isso é um campo muito vasto a ser explorado”, destacou.

Engenheiro de Minas há 36 anos, o diretor executivo da Satc Fernando Zancan foi um dos defensores da criação do curso. "Será o único existente entre Porto Alegre e São Paulo. É de suma importância para a região carbonífera, tanto para o desenvolvimento quanto para a criação de massa crítica. A região tem tudo para crescer ainda mais com o carvão e com engenheiros formados aqui", Fernando Zancan.

Além de aperfeiçoar a mão de obra regional, o curso de Engenharia de Minhas da Faculdade Satc vai colaborar com a produção de conhecimento do setor. “As empresas poderão buscar na academia o conhecimento técnico e teórico sobre mineração”, lembrou Smaniotto. As aulas começam em fevereiro de 2016.

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2016-02-15 14:02:59 [dt_sistema] => 2016-02-15 14:02:59 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Engenharia de Minas vai ampliar a qualidade da mão de obra na região

12/02/2016

Portal Satc

Engana-se quem associa a engenharia de minas somente à indústria carbonífera. Tudo que nos rodeia, da roupa ao pneu do carro, tem um componente de mineração envolvido. Pensando em formar profissionais para este mercado promissor, a Faculdade Satc abre o primeiro curso de Engenharia de Minas de Santa Catarina em 2016.

Conforme o coordenador do novo curso, André Luiz Amorim Smaniotto, mesmo com um viés forte na extração do carvão, o curso irá preparar o acadêmico para todo tipo de mineração. “Nós temos, somente na região, setores como cerâmico, fertilizantes e construção civil, que precisam de um engenheiro de minas. Por isso é um campo muito vasto a ser explorado”, destacou.

Engenheiro de Minas há 36 anos, o diretor executivo da Satc Fernando Zancan foi um dos defensores da criação do curso. "Será o único existente entre Porto Alegre e São Paulo. É de suma importância para a região carbonífera, tanto para o desenvolvimento quanto para a criação de massa crítica. A região tem tudo para crescer ainda mais com o carvão e com engenheiros formados aqui", Fernando Zancan.

Além de aperfeiçoar a mão de obra regional, o curso de Engenharia de Minhas da Faculdade Satc vai colaborar com a produção de conhecimento do setor. “As empresas poderão buscar na academia o conhecimento técnico e teórico sobre mineração”, lembrou Smaniotto. As aulas começam em fevereiro de 2016.

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351