Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 544
    [i_conteudo] => 544
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2015-11-11
    [dt_conteudo] => 2015-11-11
    [4] => Frente Parlamentar do Carvão Mineral e ABCM são recebidos pelo ministro de Minas e Energia
    [titulo] => Frente Parlamentar do Carvão Mineral e ABCM são recebidos pelo ministro de Minas e Energia
    [5] => Assessoria de Imprensa Dep. Afonso Hamm
    [autor] => Assessoria de Imprensa Dep. Afonso Hamm
    [6] => O Senador Paulo Bauer, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral, participou de reunião de trabalho com o ministro Eduardo Braga, no Ministério de Minas e Energia, para debater questões relativas à política industrial do setor.
    [resumo] => O Senador Paulo Bauer, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral, participou de reunião de trabalho com o ministro Eduardo Braga, no Ministério de Minas e Energia, para debater questões relativas à política industrial do setor.
    [7] => 

O Senador Paulo Bauer, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral, participou ontem (10/11/2015) de reunião de trabalho com o ministro Eduardo Braga, no Ministério de Minas e Energia, para debater questões relativas à política industrial do setor.

Em pauta, a modernização do parque gerador de energia elétrica; Usina Termelétrica (UTE) Pampa Sul de Candiota e a maior utilização do carvão mineral na matriz energética e Leilão A-5.

Participaram da reunião o presidente da Associação Brasileira de Carvão Mineral, Fernando Zancan, além dos Deputados Edinho Bez, Ronaldo Benedet, Afonso Hamm, Luiz Carlos Busato.

O presidente da ABCM, Fernando Zancan, relatou que a produção do carvão mineral, no sul do país, está atraindo investidores. Zancan informou que no final de outubro participou da missão de representantes do carvão mineral na China, momento em que investidores anunciaram a intenção de investir no Rio Grande do Sul.

Na próxima semana, Zancan participará de evento internacional do carvão mineral em Bruxelas e Paris, no sentido de mostrar o potencial produtivo do Brasil. "O que queremos é que o carvão seja visto como uma indústria, com todos os produtos que ele pode oferecer como os fertilizantes", explica Zancan.

O encontro com o ministro deveria ter acontecido em Criciúma em outubro. A intenção é que se realize em Brasília até o fim deste mês.

O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), que é vice-presidente da Frente Parlamentar, destacou a importância de ampliar a atuação das usinas térmicas na utilização de térmica a carvão mineral promovendo o desenvolvimento do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Hamm reforçou o convite ao ministro para vistoriar as obras da UTE Pampa Sul, da Tractbel Energia, que está sendo instalada em Seival/Candiota. A ida do ministro à região da campanha deverá ocorrer no mês de fevereiro. O deputado destaca a importância do setor no sentido de mostrar as obras implementadas, a geração de energia e os milhares de empregos que estão sendo gerados no momento em que o Brasil passa por dificuldades.

“No município de Candiota, com esta obra, está sendo alavancado o desenvolvimento econômico da região, gerando energia e empregos”, salienta Hamm que na terça-feira conversou com o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Tractebel, Hugo Stamm, para saber sobre o andamento das obras, que estão na fase de terraplanagem e que também foram prejudicadas com a intensa chuva.

Planejamento

Também ficou agendado encontro com o ministro, parlamentares da Frente, Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM) e equipe técnica do Ministério para trabalhar no planejamento estratégico do carvão mineral, como o leilão de energia, a produção e fertilizantes e a ampliação da utilização desta fonte.

Foi feito o agradecimento ao Ministro pela regularização do fluxo financeiro da conta de desenvolvimento energético que fez com que o pagamento do carvão fosse regularizado.

Foi citado o atendimento pelo MME de pleito da ABCM que definiu o leilão A-5 para o início do ano. Foi discutido assuntos relativos ao setor, em especial a modernização do parque instalado.

O ministro foi muito receptivo e atendeu ao pedido da Frente Parlamentar de fazer uma reunião de trabalho com técnicos do setor e parlamentares para demonstrar aspectos importantes para a política industrial do carvão.

Essa reunião deverá ser feita ainda esse ano. O ministro aceitou o convite de visitar o setor carbonífero de SC e RS no início do ano que vem.

[conteudo] =>

O Senador Paulo Bauer, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral, participou ontem (10/11/2015) de reunião de trabalho com o ministro Eduardo Braga, no Ministério de Minas e Energia, para debater questões relativas à política industrial do setor.

Em pauta, a modernização do parque gerador de energia elétrica; Usina Termelétrica (UTE) Pampa Sul de Candiota e a maior utilização do carvão mineral na matriz energética e Leilão A-5.

Participaram da reunião o presidente da Associação Brasileira de Carvão Mineral, Fernando Zancan, além dos Deputados Edinho Bez, Ronaldo Benedet, Afonso Hamm, Luiz Carlos Busato.

O presidente da ABCM, Fernando Zancan, relatou que a produção do carvão mineral, no sul do país, está atraindo investidores. Zancan informou que no final de outubro participou da missão de representantes do carvão mineral na China, momento em que investidores anunciaram a intenção de investir no Rio Grande do Sul.

Na próxima semana, Zancan participará de evento internacional do carvão mineral em Bruxelas e Paris, no sentido de mostrar o potencial produtivo do Brasil. "O que queremos é que o carvão seja visto como uma indústria, com todos os produtos que ele pode oferecer como os fertilizantes", explica Zancan.

O encontro com o ministro deveria ter acontecido em Criciúma em outubro. A intenção é que se realize em Brasília até o fim deste mês.

O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), que é vice-presidente da Frente Parlamentar, destacou a importância de ampliar a atuação das usinas térmicas na utilização de térmica a carvão mineral promovendo o desenvolvimento do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Hamm reforçou o convite ao ministro para vistoriar as obras da UTE Pampa Sul, da Tractbel Energia, que está sendo instalada em Seival/Candiota. A ida do ministro à região da campanha deverá ocorrer no mês de fevereiro. O deputado destaca a importância do setor no sentido de mostrar as obras implementadas, a geração de energia e os milhares de empregos que estão sendo gerados no momento em que o Brasil passa por dificuldades.

“No município de Candiota, com esta obra, está sendo alavancado o desenvolvimento econômico da região, gerando energia e empregos”, salienta Hamm que na terça-feira conversou com o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Tractebel, Hugo Stamm, para saber sobre o andamento das obras, que estão na fase de terraplanagem e que também foram prejudicadas com a intensa chuva.

Planejamento

Também ficou agendado encontro com o ministro, parlamentares da Frente, Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM) e equipe técnica do Ministério para trabalhar no planejamento estratégico do carvão mineral, como o leilão de energia, a produção e fertilizantes e a ampliação da utilização desta fonte.

Foi feito o agradecimento ao Ministro pela regularização do fluxo financeiro da conta de desenvolvimento energético que fez com que o pagamento do carvão fosse regularizado.

Foi citado o atendimento pelo MME de pleito da ABCM que definiu o leilão A-5 para o início do ano. Foi discutido assuntos relativos ao setor, em especial a modernização do parque instalado.

O ministro foi muito receptivo e atendeu ao pedido da Frente Parlamentar de fazer uma reunião de trabalho com técnicos do setor e parlamentares para demonstrar aspectos importantes para a política industrial do carvão.

Essa reunião deverá ser feita ainda esse ano. O ministro aceitou o convite de visitar o setor carbonífero de SC e RS no início do ano que vem.

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2015-11-13 14:27:35 [dt_sistema] => 2015-11-13 14:27:35 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Frente Parlamentar do Carvão Mineral e ABCM são recebidos pelo ministro de Minas e Energia

11/11/2015

Assessoria de Imprensa Dep. Afonso Hamm

O Senador Paulo Bauer, presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral, participou ontem (10/11/2015) de reunião de trabalho com o ministro Eduardo Braga, no Ministério de Minas e Energia, para debater questões relativas à política industrial do setor.

Em pauta, a modernização do parque gerador de energia elétrica; Usina Termelétrica (UTE) Pampa Sul de Candiota e a maior utilização do carvão mineral na matriz energética e Leilão A-5.

Participaram da reunião o presidente da Associação Brasileira de Carvão Mineral, Fernando Zancan, além dos Deputados Edinho Bez, Ronaldo Benedet, Afonso Hamm, Luiz Carlos Busato.

O presidente da ABCM, Fernando Zancan, relatou que a produção do carvão mineral, no sul do país, está atraindo investidores. Zancan informou que no final de outubro participou da missão de representantes do carvão mineral na China, momento em que investidores anunciaram a intenção de investir no Rio Grande do Sul.

Na próxima semana, Zancan participará de evento internacional do carvão mineral em Bruxelas e Paris, no sentido de mostrar o potencial produtivo do Brasil. "O que queremos é que o carvão seja visto como uma indústria, com todos os produtos que ele pode oferecer como os fertilizantes", explica Zancan.

O encontro com o ministro deveria ter acontecido em Criciúma em outubro. A intenção é que se realize em Brasília até o fim deste mês.

O deputado federal Afonso Hamm (PP-RS), que é vice-presidente da Frente Parlamentar, destacou a importância de ampliar a atuação das usinas térmicas na utilização de térmica a carvão mineral promovendo o desenvolvimento do Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

Hamm reforçou o convite ao ministro para vistoriar as obras da UTE Pampa Sul, da Tractbel Energia, que está sendo instalada em Seival/Candiota. A ida do ministro à região da campanha deverá ocorrer no mês de fevereiro. O deputado destaca a importância do setor no sentido de mostrar as obras implementadas, a geração de energia e os milhares de empregos que estão sendo gerados no momento em que o Brasil passa por dificuldades.

“No município de Candiota, com esta obra, está sendo alavancado o desenvolvimento econômico da região, gerando energia e empregos”, salienta Hamm que na terça-feira conversou com o diretor de Desenvolvimento de Negócios da Tractebel, Hugo Stamm, para saber sobre o andamento das obras, que estão na fase de terraplanagem e que também foram prejudicadas com a intensa chuva.

Planejamento

Também ficou agendado encontro com o ministro, parlamentares da Frente, Associação Brasileira do Carvão Mineral (ABCM) e equipe técnica do Ministério para trabalhar no planejamento estratégico do carvão mineral, como o leilão de energia, a produção e fertilizantes e a ampliação da utilização desta fonte.

Foi feito o agradecimento ao Ministro pela regularização do fluxo financeiro da conta de desenvolvimento energético que fez com que o pagamento do carvão fosse regularizado.

Foi citado o atendimento pelo MME de pleito da ABCM que definiu o leilão A-5 para o início do ano. Foi discutido assuntos relativos ao setor, em especial a modernização do parque instalado.

O ministro foi muito receptivo e atendeu ao pedido da Frente Parlamentar de fazer uma reunião de trabalho com técnicos do setor e parlamentares para demonstrar aspectos importantes para a política industrial do carvão.

Essa reunião deverá ser feita ainda esse ano. O ministro aceitou o convite de visitar o setor carbonífero de SC e RS no início do ano que vem.

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351