Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 534
    [i_conteudo] => 534
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2015-10-21
    [dt_conteudo] => 2015-10-21
    [4] => Ouro Negro Energia projeta usina termelétrica de 1 bilhão de dólares
    [titulo] => Ouro Negro Energia projeta usina termelétrica de 1 bilhão de dólares
    [5] => Logweb
    [autor] => Logweb
    [6] => A empresa gaúcha Ouro Negro Energia planeja injetar US$ 1 bilhão (R$ 4 bilhões) na implantação de uma usina termelétrica a carvão em Pedras Altas (a cerca de 400 km de Porto Alegre).
    [resumo] => A empresa gaúcha Ouro Negro Energia planeja injetar US$ 1 bilhão (R$ 4 bilhões) na implantação de uma usina termelétrica a carvão em Pedras Altas (a cerca de 400 km de Porto Alegre).
    [7] => 

A empresa gaúcha Ouro Negro Energia planeja injetar US$ 1 bilhão (R$ 4 bilhões) na implantação de uma usina termelétrica a carvão em Pedras Altas (a cerca de 400 km de Porto Alegre).

A alta do dólar não impedirá o projeto, segundo o diretor-presidente da companhia, Silvio Dias Neto, porque o principal investidor –o grupo Power China– é estrangeiro. A empresa chinesa já conseguiu, com o banco de desenvolvimento de seu país, um financiamento de 80% do capital necessário.

 

Nesta terça-feira (29), a Ouro Negro firmou um protocolo de intenções com o governo do Rio Grande do Sul que prevê isenção de ICMS na compra de equipamentos de qualquer Estado do país. A empresa participará do leilão de energia da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), marcado para o dia 29 de janeiro.

 

Dias Neto não informa o preço de comercialização que viabiliza o projeto. “Mas temos como referência o valor que a Tractebel conseguiu no ano passado.” No leilão de 2014, a companhia vendeu energia por R$ 201,98 o megawatt-hora.

[conteudo] =>

A empresa gaúcha Ouro Negro Energia planeja injetar US$ 1 bilhão (R$ 4 bilhões) na implantação de uma usina termelétrica a carvão em Pedras Altas (a cerca de 400 km de Porto Alegre).

A alta do dólar não impedirá o projeto, segundo o diretor-presidente da companhia, Silvio Dias Neto, porque o principal investidor –o grupo Power China– é estrangeiro. A empresa chinesa já conseguiu, com o banco de desenvolvimento de seu país, um financiamento de 80% do capital necessário.

 

Nesta terça-feira (29), a Ouro Negro firmou um protocolo de intenções com o governo do Rio Grande do Sul que prevê isenção de ICMS na compra de equipamentos de qualquer Estado do país. A empresa participará do leilão de energia da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), marcado para o dia 29 de janeiro.

 

Dias Neto não informa o preço de comercialização que viabiliza o projeto. “Mas temos como referência o valor que a Tractebel conseguiu no ano passado.” No leilão de 2014, a companhia vendeu energia por R$ 201,98 o megawatt-hora.

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2015-10-21 11:55:37 [dt_sistema] => 2015-10-21 11:55:37 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Ouro Negro Energia projeta usina termelétrica de 1 bilhão de dólares

21/10/2015

Logweb

A empresa gaúcha Ouro Negro Energia planeja injetar US$ 1 bilhão (R$ 4 bilhões) na implantação de uma usina termelétrica a carvão em Pedras Altas (a cerca de 400 km de Porto Alegre).

A alta do dólar não impedirá o projeto, segundo o diretor-presidente da companhia, Silvio Dias Neto, porque o principal investidor –o grupo Power China– é estrangeiro. A empresa chinesa já conseguiu, com o banco de desenvolvimento de seu país, um financiamento de 80% do capital necessário.

 

Nesta terça-feira (29), a Ouro Negro firmou um protocolo de intenções com o governo do Rio Grande do Sul que prevê isenção de ICMS na compra de equipamentos de qualquer Estado do país. A empresa participará do leilão de energia da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), marcado para o dia 29 de janeiro.

 

Dias Neto não informa o preço de comercialização que viabiliza o projeto. “Mas temos como referência o valor que a Tractebel conseguiu no ano passado.” No leilão de 2014, a companhia vendeu energia por R$ 201,98 o megawatt-hora.

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351