Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 436
    [i_conteudo] => 436
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2015-03-18
    [dt_conteudo] => 2015-03-18
    [4] => Leilão A-5 2015 cadastra 19.826 MW em novos projetos de energia 
    [titulo] => Leilão A-5 2015 cadastra 19.826 MW em novos projetos de energia 
    [5] => 
    [autor] => 
    [6] => A Empresa de Pesquisa Energética – EPE cadastrou 91 novos projetos de energia elétrica para o Leilão A-5 2015, marcado para o dia 30 de abril deste ano.
    [resumo] => A Empresa de Pesquisa Energética – EPE cadastrou 91 novos projetos de energia elétrica para o Leilão A-5 2015, marcado para o dia 30 de abril deste ano.
    [7] => 

A Empresa de Pesquisa Energética – EPE cadastrou 91 novos projetos de energia elétrica para o Leilão A-5 2015, marcado para o dia 30 de abril deste ano. Ao todo os empreendimentos somam oferta de 19.826 MW (megawatts) e ainda passarão pelo processo de habilitação.

O Leilão A-5 prevê a entrega de energia elétrica ao Sistema Interligado Nacional (SIN) a partir de 2020.A maior participação em volume de energia foi registrada pelas térmicas a gás natural, no total 31 projetos, com oferta de 15.439 MW. Desse montante, seis usinas a gás estão localizadas no Estado do Rio de Janeiro, somando 3 mil MW, e três em Sergipe, com 2.942 MW.

De acordo com o presidente da EPE, Mauricio Tolmasquim, o grande número de usinas a gás natural inscritas no A-5 2015 confirma a volta dessa fonte aos leilões de energia,uma tendência que já havia sido observada nos leilões do ano passado. “As térmicas a gás natural são muito importantes para garantir a segurança dosistema, tendo em vista o aumento da participação de usinas hidrelétricas sem reservatórios e fontes variáveis como eólica e solar”, explica Tolmasquim.

Ele lembra que entre as fontes fósseis, o gás natural é o menos poluente, o quecontribui para ajudar a manter a matriz brasileira limpa. Foram inscritas ainda 7 hidrelétricas, com total de 649 MW; 27 Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH), com 477 MW; 22 termelétricas a biomassa, somando 1.161 MW e 4 termelétricas a carvão, com 2.100 MW. Segundo Tolmasquim, entre as usinas hidrelétricas inscritas, apenas a de Itaocara, no Rio de Janeiro, já possui licença ambiental, o que garante a sua presença no leilão.
 

[conteudo] =>

A Empresa de Pesquisa Energética – EPE cadastrou 91 novos projetos de energia elétrica para o Leilão A-5 2015, marcado para o dia 30 de abril deste ano. Ao todo os empreendimentos somam oferta de 19.826 MW (megawatts) e ainda passarão pelo processo de habilitação.

O Leilão A-5 prevê a entrega de energia elétrica ao Sistema Interligado Nacional (SIN) a partir de 2020.A maior participação em volume de energia foi registrada pelas térmicas a gás natural, no total 31 projetos, com oferta de 15.439 MW. Desse montante, seis usinas a gás estão localizadas no Estado do Rio de Janeiro, somando 3 mil MW, e três em Sergipe, com 2.942 MW.

De acordo com o presidente da EPE, Mauricio Tolmasquim, o grande número de usinas a gás natural inscritas no A-5 2015 confirma a volta dessa fonte aos leilões de energia,uma tendência que já havia sido observada nos leilões do ano passado. “As térmicas a gás natural são muito importantes para garantir a segurança dosistema, tendo em vista o aumento da participação de usinas hidrelétricas sem reservatórios e fontes variáveis como eólica e solar”, explica Tolmasquim.

Ele lembra que entre as fontes fósseis, o gás natural é o menos poluente, o quecontribui para ajudar a manter a matriz brasileira limpa. Foram inscritas ainda 7 hidrelétricas, com total de 649 MW; 27 Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH), com 477 MW; 22 termelétricas a biomassa, somando 1.161 MW e 4 termelétricas a carvão, com 2.100 MW. Segundo Tolmasquim, entre as usinas hidrelétricas inscritas, apenas a de Itaocara, no Rio de Janeiro, já possui licença ambiental, o que garante a sua presença no leilão.
 

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2015-03-18 15:22:37 [dt_sistema] => 2015-03-18 15:22:37 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Leilão A-5 2015 cadastra 19.826 MW em novos projetos de energia

18/03/2015

A Empresa de Pesquisa Energética – EPE cadastrou 91 novos projetos de energia elétrica para o Leilão A-5 2015, marcado para o dia 30 de abril deste ano. Ao todo os empreendimentos somam oferta de 19.826 MW (megawatts) e ainda passarão pelo processo de habilitação.

O Leilão A-5 prevê a entrega de energia elétrica ao Sistema Interligado Nacional (SIN) a partir de 2020.A maior participação em volume de energia foi registrada pelas térmicas a gás natural, no total 31 projetos, com oferta de 15.439 MW. Desse montante, seis usinas a gás estão localizadas no Estado do Rio de Janeiro, somando 3 mil MW, e três em Sergipe, com 2.942 MW.

De acordo com o presidente da EPE, Mauricio Tolmasquim, o grande número de usinas a gás natural inscritas no A-5 2015 confirma a volta dessa fonte aos leilões de energia,uma tendência que já havia sido observada nos leilões do ano passado. “As térmicas a gás natural são muito importantes para garantir a segurança dosistema, tendo em vista o aumento da participação de usinas hidrelétricas sem reservatórios e fontes variáveis como eólica e solar”, explica Tolmasquim.

Ele lembra que entre as fontes fósseis, o gás natural é o menos poluente, o quecontribui para ajudar a manter a matriz brasileira limpa. Foram inscritas ainda 7 hidrelétricas, com total de 649 MW; 27 Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH), com 477 MW; 22 termelétricas a biomassa, somando 1.161 MW e 4 termelétricas a carvão, com 2.100 MW. Segundo Tolmasquim, entre as usinas hidrelétricas inscritas, apenas a de Itaocara, no Rio de Janeiro, já possui licença ambiental, o que garante a sua presença no leilão.
 

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351