Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 398
    [i_conteudo] => 398
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2014-12-03
    [dt_conteudo] => 2014-12-03
    [4] => Confraternização da Frente Parlamentar Mista do Carvão Mineral reune lideranças em Brasília
    [titulo] => Confraternização da Frente Parlamentar Mista do Carvão Mineral reune lideranças em Brasília
    [5] => 
    [autor] => 
    [6] => Deputados e Senadores da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral reuniram-se em Brasília, no dia 25 de novembro, para a confraternização anual e balanço das atividades, tanto da Frente como da Associação Brasileira do Carvão Mineral, que entra em seu décimo anos de atividade em prol do Carvão Mineral Nacional. 
    [resumo] => Deputados e Senadores da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral reuniram-se em Brasília, no dia 25 de novembro, para a confraternização anual e balanço das atividades, tanto da Frente como da Associação Brasileira do Carvão Mineral, que entra em seu décimo anos de atividade em prol do Carvão Mineral Nacional. 
    [7] => 

Deputados e Senadores da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral reuniram-se em Brasília, no dia 25 de novembro, para a confraternização anual e balanço das atividades, tanto da Frente como da Associação Brasileira do Carvão Mineral, que entra em seu décimo anos de atividade em prol do Carvão Mineral Nacional.

A reunião aconteceu nas vésperas do Leilão A -5, que contava com a participação de empreendimentos ligados ao setor.
Mesmo sem saber ao certo o resultado do certame, o ambiente era de otimismo, tendo em vista o trabalho e a dedicação de todos os parlamentares que se empenharam por garantir a presença do carvão mineral nacional na matriz energética. O fato é que o grande esforço de todo o setor por assumir uma postura proativa, respondendo aos desafios de contribuir para o desenvolvimento do país com uma energia firme, segura, socialmente responsável e ambientalmente correta, terminou por garantir a volta do carvão mineral, não apenas como fonte de energia, mas como insumo fundamental para colocar o Brasil em pé de igualdade no mercado internacional.

Fernando Zancan, presidente da ABCM, abrindo o evento, afirmou que com a situação de crise provocada pela seca do último ano, o país vai conviver com as termelétricas trabalhando com potência máxima por mais algum tempo. “Isso vai mostrar aos brasileiros que termelétrica não é quebra galho, que térmica faz parte do sistema hidrotérmico, que térmica é importante para a segurança energética e que sem elas nós não estaríamos aqui agora” enfatizou Zancan.

O Dep. Afonso Hamm, presidente da Frente, fez uma retrospectiva de todo o período em que a bancada do carvão mineral, juntamente com o setor mineral e de geração, com o apoio dos governos estaduais e federal atuaram em conjunto para reposicionar o carvão mineral nacional como fonte segura de energia e desenvolvimento. Portanto “há uma agenda positiva construída exatamente pelo suporte político de uma Frente Parlamentar. Uma Frente Parlamentar que tem 219 Deputados Federais e 14 Senadores ativos”, afirmou Afonso Hamm.

O Senador Paulo Bauer, vice-presidente da Frente, encerrou o evento afirmando que “os fatos que nós conhecemos deste passado recente e que aqui o Afonso (Hamm) abordou muito bem, nos dão a convicção que, em pouco tempo, nós vamos ver concretizados muitos sonhos e muitas das intenções e dos projetos que o setor tem perseguido há muito tempo… As palavras do Senador Bauer foram confirmadas no resultado do Leilão A -5 que trouxe o carvão mineral nacional ao mix de fontes que irão constituir a matriz brasileira de energia

[conteudo] =>

Deputados e Senadores da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral reuniram-se em Brasília, no dia 25 de novembro, para a confraternização anual e balanço das atividades, tanto da Frente como da Associação Brasileira do Carvão Mineral, que entra em seu décimo anos de atividade em prol do Carvão Mineral Nacional.

A reunião aconteceu nas vésperas do Leilão A -5, que contava com a participação de empreendimentos ligados ao setor.
Mesmo sem saber ao certo o resultado do certame, o ambiente era de otimismo, tendo em vista o trabalho e a dedicação de todos os parlamentares que se empenharam por garantir a presença do carvão mineral nacional na matriz energética. O fato é que o grande esforço de todo o setor por assumir uma postura proativa, respondendo aos desafios de contribuir para o desenvolvimento do país com uma energia firme, segura, socialmente responsável e ambientalmente correta, terminou por garantir a volta do carvão mineral, não apenas como fonte de energia, mas como insumo fundamental para colocar o Brasil em pé de igualdade no mercado internacional.

Fernando Zancan, presidente da ABCM, abrindo o evento, afirmou que com a situação de crise provocada pela seca do último ano, o país vai conviver com as termelétricas trabalhando com potência máxima por mais algum tempo. “Isso vai mostrar aos brasileiros que termelétrica não é quebra galho, que térmica faz parte do sistema hidrotérmico, que térmica é importante para a segurança energética e que sem elas nós não estaríamos aqui agora” enfatizou Zancan.

O Dep. Afonso Hamm, presidente da Frente, fez uma retrospectiva de todo o período em que a bancada do carvão mineral, juntamente com o setor mineral e de geração, com o apoio dos governos estaduais e federal atuaram em conjunto para reposicionar o carvão mineral nacional como fonte segura de energia e desenvolvimento. Portanto “há uma agenda positiva construída exatamente pelo suporte político de uma Frente Parlamentar. Uma Frente Parlamentar que tem 219 Deputados Federais e 14 Senadores ativos”, afirmou Afonso Hamm.

O Senador Paulo Bauer, vice-presidente da Frente, encerrou o evento afirmando que “os fatos que nós conhecemos deste passado recente e que aqui o Afonso (Hamm) abordou muito bem, nos dão a convicção que, em pouco tempo, nós vamos ver concretizados muitos sonhos e muitas das intenções e dos projetos que o setor tem perseguido há muito tempo… As palavras do Senador Bauer foram confirmadas no resultado do Leilão A -5 que trouxe o carvão mineral nacional ao mix de fontes que irão constituir a matriz brasileira de energia

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2014-12-03 13:47:17 [dt_sistema] => 2014-12-03 13:47:17 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Confraternização da Frente Parlamentar Mista do Carvão Mineral reune lideranças em Brasília

03/12/2014

Deputados e Senadores da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Carvão Mineral reuniram-se em Brasília, no dia 25 de novembro, para a confraternização anual e balanço das atividades, tanto da Frente como da Associação Brasileira do Carvão Mineral, que entra em seu décimo anos de atividade em prol do Carvão Mineral Nacional.

A reunião aconteceu nas vésperas do Leilão A -5, que contava com a participação de empreendimentos ligados ao setor.
Mesmo sem saber ao certo o resultado do certame, o ambiente era de otimismo, tendo em vista o trabalho e a dedicação de todos os parlamentares que se empenharam por garantir a presença do carvão mineral nacional na matriz energética. O fato é que o grande esforço de todo o setor por assumir uma postura proativa, respondendo aos desafios de contribuir para o desenvolvimento do país com uma energia firme, segura, socialmente responsável e ambientalmente correta, terminou por garantir a volta do carvão mineral, não apenas como fonte de energia, mas como insumo fundamental para colocar o Brasil em pé de igualdade no mercado internacional.

Fernando Zancan, presidente da ABCM, abrindo o evento, afirmou que com a situação de crise provocada pela seca do último ano, o país vai conviver com as termelétricas trabalhando com potência máxima por mais algum tempo. “Isso vai mostrar aos brasileiros que termelétrica não é quebra galho, que térmica faz parte do sistema hidrotérmico, que térmica é importante para a segurança energética e que sem elas nós não estaríamos aqui agora” enfatizou Zancan.

O Dep. Afonso Hamm, presidente da Frente, fez uma retrospectiva de todo o período em que a bancada do carvão mineral, juntamente com o setor mineral e de geração, com o apoio dos governos estaduais e federal atuaram em conjunto para reposicionar o carvão mineral nacional como fonte segura de energia e desenvolvimento. Portanto “há uma agenda positiva construída exatamente pelo suporte político de uma Frente Parlamentar. Uma Frente Parlamentar que tem 219 Deputados Federais e 14 Senadores ativos”, afirmou Afonso Hamm.

O Senador Paulo Bauer, vice-presidente da Frente, encerrou o evento afirmando que “os fatos que nós conhecemos deste passado recente e que aqui o Afonso (Hamm) abordou muito bem, nos dão a convicção que, em pouco tempo, nós vamos ver concretizados muitos sonhos e muitas das intenções e dos projetos que o setor tem perseguido há muito tempo… As palavras do Senador Bauer foram confirmadas no resultado do Leilão A -5 que trouxe o carvão mineral nacional ao mix de fontes que irão constituir a matriz brasileira de energia

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351