Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 373
    [i_conteudo] => 373
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2014-08-21
    [dt_conteudo] => 2014-08-21
    [4] => Associação do Carvão quer retomada de pesquisas
    [titulo] => Associação do Carvão quer retomada de pesquisas
    [5] => Anderson de Jesus - Rádio Difusora
    [autor] => Anderson de Jesus - Rádio Difusora
    [6] => A Associação Brasileira do Carvão se reuniu em Criciúma para falar da necessidade de retomar as pesquisas sobre a reserva mineral da região. O objetivo foi reunir profissionais da área técnica com reconhecida experiência em carvão mineral para, em conjunto, atualizarem o estado da situação da pesquisa mineral de carvão e turfa no Brasil.
    [resumo] => A Associação Brasileira do Carvão se reuniu em Criciúma para falar da necessidade de retomar as pesquisas sobre a reserva mineral da região. O objetivo foi reunir profissionais da área técnica com reconhecida experiência em carvão mineral para, em conjunto, atualizarem o estado da situação da pesquisa mineral de carvão e turfa no Brasil.
    [7] => 

A Associação Brasileira do Carvão se reuniu em Criciúma para falar da necessidade de retomar as pesquisas sobre a reserva mineral da região. O objetivo foi reunir profissionais da área técnica com reconhecida experiência em carvão mineral para, em conjunto, atualizarem o estado da situação da pesquisa mineral de carvão e turfa no Brasil. Em 2008, foi produzido um documento intitulado Projetos para a Retomada das Pesquisas de Carvão e Turfa no Brasil, que trazia uma série de projetos e investimentos sugeridos para a pesquisa desses recursos em Santa Catarina, no Rio Grande do Sul, nas regiões Amazônica e Centro-Oeste, e no Nordeste brasileiro. "Nós paramos de pesquisar em 1980, 1985 e as reservas que conhecemos estão relacionadas a este estudo. Então existe a necessidade de retomar essa atividade", destacou Fernando Zancan em entrevista a Rádio Difusora

Um documento semelhante ao de 2008 está sendo produzido, mas com as alterações acordadas no encontro desta quarta-feira e em adequação ao atual momento energético brasileiro. Segundo o presidente da ABCM, Fernando Zancan, o documento produzido fará parte do modelo da Política Industrial do Carvão. “Conseguimos juntar todos os especialistas e o grupo apresentou as novidades geológicas e ajudou a montar uma proposta de um estudo geológico do carvão. A intenção agora é deixar este documento pronto no fim de outubro para poder entregar para o futuro presidente”, explicou Zancan. 

[conteudo] =>

A Associação Brasileira do Carvão se reuniu em Criciúma para falar da necessidade de retomar as pesquisas sobre a reserva mineral da região. O objetivo foi reunir profissionais da área técnica com reconhecida experiência em carvão mineral para, em conjunto, atualizarem o estado da situação da pesquisa mineral de carvão e turfa no Brasil. Em 2008, foi produzido um documento intitulado Projetos para a Retomada das Pesquisas de Carvão e Turfa no Brasil, que trazia uma série de projetos e investimentos sugeridos para a pesquisa desses recursos em Santa Catarina, no Rio Grande do Sul, nas regiões Amazônica e Centro-Oeste, e no Nordeste brasileiro. "Nós paramos de pesquisar em 1980, 1985 e as reservas que conhecemos estão relacionadas a este estudo. Então existe a necessidade de retomar essa atividade", destacou Fernando Zancan em entrevista a Rádio Difusora

Um documento semelhante ao de 2008 está sendo produzido, mas com as alterações acordadas no encontro desta quarta-feira e em adequação ao atual momento energético brasileiro. Segundo o presidente da ABCM, Fernando Zancan, o documento produzido fará parte do modelo da Política Industrial do Carvão. “Conseguimos juntar todos os especialistas e o grupo apresentou as novidades geológicas e ajudou a montar uma proposta de um estudo geológico do carvão. A intenção agora é deixar este documento pronto no fim de outubro para poder entregar para o futuro presidente”, explicou Zancan. 

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2014-09-09 14:13:09 [dt_sistema] => 2014-09-09 14:13:09 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Associação do Carvão quer retomada de pesquisas

21/08/2014

Anderson de Jesus - Rádio Difusora

A Associação Brasileira do Carvão se reuniu em Criciúma para falar da necessidade de retomar as pesquisas sobre a reserva mineral da região. O objetivo foi reunir profissionais da área técnica com reconhecida experiência em carvão mineral para, em conjunto, atualizarem o estado da situação da pesquisa mineral de carvão e turfa no Brasil. Em 2008, foi produzido um documento intitulado Projetos para a Retomada das Pesquisas de Carvão e Turfa no Brasil, que trazia uma série de projetos e investimentos sugeridos para a pesquisa desses recursos em Santa Catarina, no Rio Grande do Sul, nas regiões Amazônica e Centro-Oeste, e no Nordeste brasileiro. "Nós paramos de pesquisar em 1980, 1985 e as reservas que conhecemos estão relacionadas a este estudo. Então existe a necessidade de retomar essa atividade", destacou Fernando Zancan em entrevista a Rádio Difusora

Um documento semelhante ao de 2008 está sendo produzido, mas com as alterações acordadas no encontro desta quarta-feira e em adequação ao atual momento energético brasileiro. Segundo o presidente da ABCM, Fernando Zancan, o documento produzido fará parte do modelo da Política Industrial do Carvão. “Conseguimos juntar todos os especialistas e o grupo apresentou as novidades geológicas e ajudou a montar uma proposta de um estudo geológico do carvão. A intenção agora é deixar este documento pronto no fim de outubro para poder entregar para o futuro presidente”, explicou Zancan. 

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351