Acesso Restrito
Array
(
    [0] => 1
    [i_empresa] => 1
    [1] => 221
    [i_conteudo] => 221
    [2] => 0
    [i_subarea] => 0
    [3] => 2013-10-24
    [dt_conteudo] => 2013-10-24
    [4] => Segundo leilão de energia da EPE bate recorde de inscrições e capacidade instalada
    [titulo] => Segundo leilão de energia da EPE bate recorde de inscrições e capacidade instalada
    [5] => EBC
    [autor] => EBC
    [6] => O segundo leilão de energia deste ano da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), marcado para 13 de dezembro, teve 929 projetos inscritos.
    [resumo] => O segundo leilão de energia deste ano da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), marcado para 13 de dezembro, teve 929 projetos inscritos.
    [7] => 

O segundo leilão de energia deste ano da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), marcado para 13 de dezembro, teve 929 projetos inscritos. O objetivo é contratar eletricidade para abastecer o mercado consumidor do país em 2018. De acordo com nota divulgada hoje (24) pela EPE, é o maior número de empreendimentos cadastrados para leilões de energia desde 2005, quando o governo federal começou a realizá-los para a contratação de energia elétrica.

A capacidade instalada dos projetos inscritos também é recorde, totalizando 35.067 megawatts (MW). A exemplo dos leilões anteriores da EPE, a energia eólica foi a que teve maior oferta de projetos e de capacidade de geração: 670, num total de 16.420 MW. Em segundo lugar, estão os empreendimentos de geração solar fotovoltaica, com 152 projetos e 3.601 MW de capacidade.

“Essa grande oferta potencial nos traz tranquilidade, ao assegurar um volume de projetos mais do que suficiente para atender à demanda de energia elétrica em 2018”, disse o presidente da EPE, Mauricio Tolmasquim. Para ele, o leilão de dezembro será o que despertará mais interesse de investidores nacionais e internacionais.

Foram inscritos ainda para o leilão 110 projetos de energia solar heliotérmica, 11 de hidrelétricas, 40 de pequenas centrais hidrelétricas e 46 de termelétricas.

EBC - 24/10/2013

[conteudo] =>

O segundo leilão de energia deste ano da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), marcado para 13 de dezembro, teve 929 projetos inscritos. O objetivo é contratar eletricidade para abastecer o mercado consumidor do país em 2018. De acordo com nota divulgada hoje (24) pela EPE, é o maior número de empreendimentos cadastrados para leilões de energia desde 2005, quando o governo federal começou a realizá-los para a contratação de energia elétrica.

A capacidade instalada dos projetos inscritos também é recorde, totalizando 35.067 megawatts (MW). A exemplo dos leilões anteriores da EPE, a energia eólica foi a que teve maior oferta de projetos e de capacidade de geração: 670, num total de 16.420 MW. Em segundo lugar, estão os empreendimentos de geração solar fotovoltaica, com 152 projetos e 3.601 MW de capacidade.

“Essa grande oferta potencial nos traz tranquilidade, ao assegurar um volume de projetos mais do que suficiente para atender à demanda de energia elétrica em 2018”, disse o presidente da EPE, Mauricio Tolmasquim. Para ele, o leilão de dezembro será o que despertará mais interesse de investidores nacionais e internacionais.

Foram inscritos ainda para o leilão 110 projetos de energia solar heliotérmica, 11 de hidrelétricas, 40 de pequenas centrais hidrelétricas e 46 de termelétricas.

EBC - 24/10/2013

[8] => [palavra_chave] => [9] => S [publica] => S [10] => 0 [i_usuario] => 0 [11] => 2013-10-30 14:58:32 [dt_sistema] => 2013-10-30 14:58:32 [12] => [foto] => [13] => [capa] => )

Segundo leilão de energia da EPE bate recorde de inscrições e capacidade instalada

24/10/2013

EBC

O segundo leilão de energia deste ano da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), marcado para 13 de dezembro, teve 929 projetos inscritos. O objetivo é contratar eletricidade para abastecer o mercado consumidor do país em 2018. De acordo com nota divulgada hoje (24) pela EPE, é o maior número de empreendimentos cadastrados para leilões de energia desde 2005, quando o governo federal começou a realizá-los para a contratação de energia elétrica.

A capacidade instalada dos projetos inscritos também é recorde, totalizando 35.067 megawatts (MW). A exemplo dos leilões anteriores da EPE, a energia eólica foi a que teve maior oferta de projetos e de capacidade de geração: 670, num total de 16.420 MW. Em segundo lugar, estão os empreendimentos de geração solar fotovoltaica, com 152 projetos e 3.601 MW de capacidade.

“Essa grande oferta potencial nos traz tranquilidade, ao assegurar um volume de projetos mais do que suficiente para atender à demanda de energia elétrica em 2018”, disse o presidente da EPE, Mauricio Tolmasquim. Para ele, o leilão de dezembro será o que despertará mais interesse de investidores nacionais e internacionais.

Foram inscritos ainda para o leilão 110 projetos de energia solar heliotérmica, 11 de hidrelétricas, 40 de pequenas centrais hidrelétricas e 46 de termelétricas.

EBC - 24/10/2013

Rua Pascoal Meller, 73 - Bairro Universitário - CEP 88.805-380 - CP 362 - Criciúma - Santa Catarina
Tel. (48) 3431.8350/Fax: (48) 3431.8351